Previsão e operação de reservatório

Na semana passada mostramos o uso da combinação de modelo hidrológico e modelo de previsão no rio São Francisco para previsão de vazão. Vamos discutir nesta matéria a utilidade desta previsão e as combinações possíveis que podem ser realizadas visando o uso desta informação na gestão hídrica, destacando a operação de reservatório.

A previsão pode ser utilizada, entre outros, para o seguinte:

•Cotas de inundações para mitigar impactos em cidades, áreas rurais, entre outros;
•Operação de obras hidráulicas para operação;
•Navegação em trechos de navegação
•Prever vazões de cheias e estiagem para gerenciamento dos impactos associados;

Foram utilizados o modelo meteorológico ETA + modelo hidrológico MGBIPH + modelo de operação para verificar o ganho da previsão de vazão na operação do reservatório de Três Marias no rio São Francisco. A combinação do modelo meteorológico + hidrológico foi descrito na semana passada. O modelo de operação otimizou a curva guia operacional. O reservatório foi analisado isolado (sem o sistema interligado) e foram analisadas as seguintes alternativas, que obtiveram a energia gerada considerando:

•Operação sem previsão de vazão;
•Operação com vazões conhecidas. Este cenário seria a situação superior, que dificilmente seremos capaz de atingir, pois sempre haverá erro nas previsões;
•Operação com previsão de vazões com antecedência de 14 dias (ver semana anterior).

Os resultados são apresentados na tabela abaixo, onde se observa que o ganho da previsão ficou em 50% do ganho máximo possível e superior a condição de operação sem previsão, mostrando o benefício econômico anual da previsão de Usina Hidrelétrica isolada.
Este trabalho fez parte da pesquisa de Juan Martin e permitiu ao grupo ganhar o prêmio de pesquisa outorgado pelo INMET Instituto Nacional de Meteorologia. A referência do artigo é apresentada abaixo, onde existem para maiores detalhes sobre os resultados mencionados.

BRAVO, J. M. ; COLLISCHONN, W. ; TUCCI, C.E.M. 2008. Avaliação dos Benefícios de Previsões de Vazão na Operação de Reservatórios. Avaliação dos Benefícios de Previsões de Vazão na Operação de Reservatórios. Revista Brasileira de Recursos Hídricos V13 n. 1 181-196

*esta semana o artigo foi colocado na segunda devido a minha viagem para Tegucigalpa em Honduras. Na semana próxima voltaremos a postar o artigo no domingo.

[photopress:opera1.jpg,full,pp_image]

About Prof. PhD Carlos E. M. Tucci

Engenheiro civil, MSc, PhD, professor aposentado do IPH-UFRGS, sócio-fundador da Rhama Consultoria Ambiental. Autor de mais de 300 artigos científicos, livros, capítulos de livros. Experiência de mais de 40 anos na área, com atuação junto a empresas e entidades nacionais e internacionais como: Unesco, Banco Mundial, BID, ANEEL, ANA, Itaipu, entre outros. Premiado em 2011 pela International Association of Hydrological Sciences.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *