Conselhos dos meus 40 anos de engenharia

O número de alunos e jovens pesquisadores que acessam este blog é grande, com frequência tenho colocado material de orientação que pode de alguma forma ajudar o seu caminho num mundo com tantos desafios, mas cheio de oportunidades. A dinâmica da sociedade moderna tem sido muito grande, alguns anos atrás o Brasil era o patinho feio do mundo, com grande inflação, muita pobreza e falta de oportunidades e sempre visto com um país de um futuro distante. Nos últimos anos estamos num processo acelerado de mudanças econômicas e sociais, revertendo o processo onde os países desenvolvidos estão com dificuldades econômicas e alto desemprego e o Brasil está numa fase boa de pleno emprego.

Este processo deve continuar e a questão principal é:

Como devemos nos posicionar para esta dinâmica e aproveitar as oportunidades?

O valor agregado está no conhecimento e na qualificação nos setores que possuem alta economia de escala ou especializado o suficiente para não ter grandes competidores em cada realidade. Todo e qualquer atividade repetitiva tende a ser substituída por sistemas inteligentes e automáticos, aumentando a produtividade. O setor que mais transforma simples profissionais em milionários tem sido o de informática, que combina os dois fatores. As oportunidades dependem de cada pessoa e de seus objetivos de vida. A felicidade não está somente na acumulação de renda, mas na combinação de vários fatores que cada um dá seu devido peso.

Com a chegada do fim de ano, a tendência é fazermos um balanço do que fizemos e do que pretendemos fazer. Isto gera em muitas pessoas um sentimento de alegria ou de depressão. Relembrando Tolstoi em Ana Karenina: “Na alegria as famílias são todas iguais e na tristeza cada uma a sua maneira”.

Será fundamental fazer um balanço? O que desejo para os meus próximos cinco anos ou para o futuro como um todo?

A resposta de quem tem mais de 40 anos de profissão e planejou olhando para o futuro corrigindo o passado são alguns axiomas de vida que você pode concordar ou discordar, mas são os seguintes:

  • Tenha o mais claro possível o que você deseja para si próprio agora e no futuro em todos os sentidos;
  • Procure mudar se você faz o que não gosta;
  • Seja ético e competitivo, esteja preparado e atualizado para inovações e busque sempre surpreender com antecipação de ideias e resultados;
  • Tenha metas bem definidas e realistas (sonhar é possível, mas seja objetivo), seja intenso na busca das suas metas, mas tenha sempre um plano B;
  • Se você não tiver dúvidas e receios ou assumindo algum risco é porque não está procurando suas metas;
  • Aprenda com as falhas, evite frustrações e não transfira responsabilidades;
  • O sucesso deve ser visto com satisfação, mas nunca com arrogância;
  • Complete-se ajudando e cooperando sem esperar retorno, o benefício é mútuo e não um ônus;

 

Um 2017 de muitas conquistas a todos, que seus sonhos se realizem!

About Prof. PhD Carlos E. M. Tucci

Engenheiro civil, MSc, PhD, professor aposentado do IPH-UFRGS, sócio-fundador da Rhama Consultoria Ambiental. Autor de mais de 300 artigos científicos, livros, capítulos de livros. Experiência de mais de 40 anos na área, com atuação junto a empresas e entidades nacionais e internacionais como: Unesco, Banco Mundial, BID, ANEEL, ANA, Itaipu, entre outros. Premiado em 2011 pela International Association of Hydrological Sciences.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *